Mês: janeiro 2019

Dieta low carb e treinos para definição: como tem funcionado para mim

dieta low carb | low carb | musculação | treinos | personal trainer | dieta | como emagrecer | como definir a musculatura

Resolvi falar um pouco, aqui, sobre como tem sido meu primeiro mês de treinos intensos com o Lucas Franco e de dieta low carb, com a Mari Cabral, porque as dúvidas e os questionamentos tem sido muitos através do meu Instagram (felizmente!).

Em primeiro lugar – já falei sobre isso anteriormente, mas, vou reforçar -, eu nunca tive uma meta prioritária de “ser fitness”, de me tornar dona de um corpo padrão ou de qualquer destas alternativas radicais e limitantes. A única coisa que sempre quis foi manter uma rotina legal de exercícios para ser saudável, ágil, forte e me sentir disposta.

Sempre pratiquei exercícios, desde criaça. Danço ballet desde os 6 anos, já fiz natação por 10 anos, já lutei boxe, fiz sapateado, jazz, enfim, a vida inteira fui ativa. Gosto de me exercitar, porque é um momento que separo para abstrair o estresse e relaxar a mente.

SOBRE FAZER DIETA

Dieta? Nunca tinha feito. Mas acredito que seja algo importante não só para quem tem uma meta de físico, mas, para nutrir o corpo daquilo que ele precisa para funcionar direito. Já imaginou carregar uma máquina com carregador de outro objeto diferente? Pode dar problema, certo? Assim é nosso corpo. Precisamos nos alimentar daquilo que vai faze-lo funcionar corretamente, desde os músculos, até os órgãos.

Por isso, há 2 anos e pouquinho faço acompanhamento nutricional com a Mariana Cabral, que é não só minha ex colega de ballet, mas minha amiga e, desde então, minha vida alimentar mudou. Me sinto mais disposta, durmo melhor, sei até mesmo equilibrar melhor as exceções que quero abrir (porque é claro que dieta não é regime militar e a gente pode se dar ao direito de comer uma besteirinha, vez ou outra).

POR QUE COMECEI A LOW CARB?

Meu objetivo tem sido a definição muscular e a perda de gordura (os mais difíceis, parabéns pra mim pela escolha kkk), então, a cada exame de bioimpedância, minha nutri avalia o ganho de massa magra e a perda de gordura (quando há). No meu exame mais recente, consegui perder peso, porém, a massa magra acabou diminuindo – isso é algo MEGA difícil de realizar: perda de peso sem perder massa magra.

A low carb entrou na minha vida para equilibrar a quantidade de carboidrato que eu estava ingerindo. Sou louca por massa, por batata, mas, o carboidrato em excesso pode nos levar a picos de glicose e ao ganho excessivo de massa, além da vontade compulsiva por doce. Se eu como essas coisas, ainda? Sim! Mas em raras ocasiões. O arroz, por exemplo, deu lugar à batata doce, ao purê de abóbora e aos carbos mais leves. Pão só proteico, bolos e pizzas só integrais e cerveja esquece (sim, tem 1 mês que não bebo cerveja).

E sabe qual a parte mais incrível de tudo isso? Sinto menos fome. Antes da low carb, minha fome a cada refeição era voraz. E eu acabava comendo além do necessário, o que me deixava estufada e mais longe do meu objetivo de secar gordura. Parece mentira, mas é real: dieta low carb proporciona muito mais controle da fome e a sua disposição não muda, só melhora.

dieta low carb | low carb | musculação | treinos | personal trainer | dieta | como emagrecer | como definir a musculatura

COMO É O ACOMPANHAMENTO COM UM PERSONAL?

E aí, juntamente com a low carb, entrou o acompanhamento do personal Lucas Franco nos meus treinos, que foram criados por ele pensando neste meu objetivo: perda de gordura e definição muscular. É fácil alcançar? NÃO. Os treinos são mais “de boa”, porque definição não exige que se pegue muito peso? NÃO. Nada disso.

Os treinos voltados pra definição muscular e perda de gordura são PAULEIRA pra [email protected], como vocês podem ver pelos meus Stories. Ele geralmente me passa exercícios de cardio alguns dias, para elevar a frequência (algo que aumenta o metabolismo) e em outros dias me passa treinos de força, algo mais voltado para o trabalho intenso muscular.

Dificilmente eu repito exercícios, cada dia é 1 e cada treino é 1 também. O que varia são os focos: braço, perna, glúteo, peito. Tem dor, tem dificuldade, tem suor pra caramba, tem estresse muscular e é só assim que a gente consegue definir. Não tem outro caminho possível, pelo menos, até o momento.

Sobre suplementação: tomo BCAA, também orientado pela minha nutri, de pré e pós treino; no pós treino, alio o BCAA à Creatina. Como só faço ingestão de peixes e laticíneos (não como nenhum tipo de carne), meu ganho de massa magra é mais difícil, por isso a adição da Creatina.

Já tive uma experiência ruim com a Creatina um tempo atrás, logo que comecei a suplementar, mas, meus treinos eram diferentes e minha dieta também. Ainda não fazia low carb, nem treinava com personal, logo, é bem possível que os resultados sejam diferentes desta vez. Estou torcendo e, principalmente, me esforçando pra isso.

dieta low carb | low carb | musculação | treinos | personal trainer | dieta | como emagrecer | como definir a musculatura

CADA PESSOA É UMA E CADA CORPO É UM

Minha intenção com esse post não é criar fiéis seguidoras que vão seguir à risca tudo que tenho feito no âmbito “fitness”, de dieta e exercícios. É só, realmente, matar a curosidade de alguns sobre minha rotina de alimentação e treinos e, quem sabe, motivar quem está aí numa dúvida a respeito e começar ou não algum dos dois. Eu tô curtindo demais a mudança e recomendo, para quem quer.

No mais, sou da opinião de que se alimentar bem e se exercitar nunca são má ideia, já que só trazem benefícios para nosso corpo. Cada um pode ir no seu ritmo, fazer coisas das quais gosta (tanto na dieta, quanto no exercício) e, assim, alcançar um equilíbrio na sua rotina e mais qualidade de vida.

E o principal, na minha opinião: não encare treino ou dieta como punições. Encare-os como cuidado com seu corpo; um agrado que você se faz, para se sentir melhor, mais bonita, mais disposta. Nada é punição, tudo é um benfício que você está proporcionando a si mesma. É só mudar a linha de pensamento.

Você não precisa exercitar seu corpo ou fazer dieta porque se acha feia; você pode – e deve – faze-lo porque se acha linda e quer se cuidar. Você merece isso!

MAIS: 7 alimentos termogênicos que auxiliam o emagrecimento e a saúde

Que tal se dar uma chance? Te vejo na próxima! Beijos,

Marcéli.

Conheça Organic Aromas, difusores e aromatizantes para ambientes

difusores | lifestyle | organic aromas | difusor de ambiente | oleo essencial | aromaterapia

A Organic Aromas é uma marca internacional de óleos essenciais deliciosos, voltados para a aromaterapia. Sua fabricação produz os mais lindos e eficazes difusores do mercado que dispensam o uso de fogo, água ou plástico. 

Os modelos da marca, que você confere na imagem abaixo, emanam uma concentração significativa do aroma escolhido, em uma área grande, dentro de um curto espaço de tempo.

difusores | lifestyle | organic aromas | difusor de ambiente | oleo essencial | aromaterapia

A técnica terapêutica dos aromas pode trazer vários benefícios, como calmante de ansiedade, diminuição do estresse, relaxamento, entre outros. Os óleos essenciais utilizados são puros e bem característicos, além de possuírem longa duração.

difusores | lifestyle | organic aromas | difusor de ambiente | oleo essencial | aromaterapia

Modo de uso: pingue de 20 a 25 gotas da essência em óleo no difusor para um excelente e longo aproveitamento do aroma em seu ambiente. Ligue o difusor a mais ou menos 1 metro de você e, quando o aroma atingir o nível desejado no ambiente, desligue o difusor. Não é necessário utilizar a capacidade máxima do difusor, pois a mecânica e óleo são bem fortes Utilize a potência baixa (em inglês, “low“.)

Para manter o difusor higienizado, utilize uma flanela com álcool e limpe-o por dentro uma vez por semana. Se ainda restou alguma dúvida, dá só uma olhadinha neste tutorial em vídeo:

Te vejo na próxima dica! Beijos,

Marcéli

Voltar ao topo