ENTRETENIMENTO

Viagem a Buenos Aires: aonde ir, o que comprar e mais!

viagem | buenos aires | dica de viagem | o que fazer em buenos aires | dica de viagem a buenos aires | viagem internacional | passeios em buenos aires | onde comer em buenos aires | transporte em buenos aires

Em minha opinião, um dos dinheiros mais bem gastos na vida é com viagens. E esse meu Carnaval de 2019 foi, com a glória de Deus, extremamente bem aproveitado na linda cidade de Buenos Aires, capital Argentina de muitos encantos, lugares para conhecer aos montes e o melhor: sem gastar tanto assim!

PRIMEIRAMENTE…

Gostaria de deixar bem claro que não se trata de um publi post. Todas as dicas que você vai ler aqui são dicas de uma turista (blogueira sim, porém, neste caso sem lucros), que tirou 1 semaninha de férias, guardou seu rico dinheirinho e pagou boletinhos (não necessariamente nesta ordem) pra fazer esta viagem! Como gostei MUITO do lugar e vi que, através do meu instagram, muita gente teve dúvida sobre aonde ir, o que comprar e etc., me empolguei pra detalhar tudo melhor aqui e é isso. Nem tudo nesse mundo gira à base do dinheiro – pelo menos, não pra mim! 😉

viagem | buenos aires | dica de viagem | o que fazer em buenos aires | dica de viagem a buenos aires | viagem internacional | passeios em buenos aires | onde comer em buenos aires | transporte em buenos aires

A TEMPERATURA EM MEADOS DE MARÇO

Durante o período em que estive por lá – de 1 a 6 de março -, peguei todas as estações praticamente. Durante a manhã fazia frio com Sol (amo!), ao longo do dia esquentava e, à noitinha, a temperatura caía novamente a ponto de ser possível vestir uma jaquetinha. Peguei chuva também (metade de um dia), mas, em comparação ao litoral de São Paulo [quem mora em Santos vai me entender], a cidade é menos abafada. Em resumo: de buenas! Se você for por este período pra lá, leve uma mala versátil, com shorts, saias e calças – mas, é claro, nunca se esqueça de checar a temperatura durante o período em que você vai ficar.

viagem | buenos aires | dica de viagem | o que fazer em buenos aires | dica de viagem a buenos aires | viagem internacional | passeios em buenos aires | onde comer em buenos aires | transporte em buenos aires

QUANTO EM DINHEIRO DEVO LEVAR?

O peso argentino é bem mais desvalorizado que o real – atualmente, R$1,00 = 10 pesos, ou seja, dá pra curtir bastante não gastando tanto. Se você come bem, gosta de passear, visitar muitos lugares e está acompanhada de 1 pessoa, diria que para 5 dias (período em que fiquei), algo em torno de R$1.000 a R$2.000 está de excelente tamanho. Dá pra comer bem, passear muito e ainda fazer umas comprinhas!

Importante: NÃO troque seus pesos no Brasil. As casas de câmbio por aqui sempre querem sair ganhando em cima e vão cobrar um valor bem acima do mercado. Nossa experiência com isso foi a seguinte: com o peso valendo 10 para 1, as casas de câmbio por aqui cobraram os pesos entre 6 pra 1 e 5 pra 1, enquanto na Argentina conseguimos trocar por 9,80.

LOCOMOÇÃO

Por lá, andei em tudo quanto foi transporte: carro, ônibus, metrô, uber, táxi e a pé. E sinceramente? O que mais valeu a pena, tanto em questão de economia $, quanto em questão de mobilidade, facilidade de olhar mais lugares e parar pra tirar fotinhos, foi a pé. Meu hotel era super bem localizado (no Centro, em Retiro), perto de muitos pontos legais, o que facilitou. Claro que tem lugares mais longes, em se tratando de uma capital, que fica impossível ir a pé – nesse caso, a melhor escolha é o metrô. Barato, prático, rápido e não passa por trânsito.

A lenda de que “taxistas são todos uns cretinos” é real e não acontece só no Brasil, infelizmente.

viagem | buenos aires | dica de viagem | o que fazer em buenos aires | dica de viagem a buenos aires | viagem internacional | passeios em buenos aires | onde comer em buenos aires | transporte em buenos aires

QUAIS LUGARES VISITAR?

Alguns pontos turísticos que sugiro que você vá ao visitar a cidade de Buenos Aires (faço listinha mesmo, porque #soudessas):

  • Calle Florida: uma rua-boulevard com muitas lojas, onde você pode, por exemplo, comprar um chip para seu cel por 50 pesos na loja MoviStar (R$ 5,00) e onde tem a Galerias Pacífico, um shopping bacaninha mais arrumadinho pra passear;
  • Plaza de Mayo: parada obrigatória para turistas, onde fica a Casa Rosada;
  • Floralis Generica (ou “Flor de la Recoleta”): monumento de aço muito famoso por lá, localizado em uma praça linda, próxima à UBA, a famosa Facultad de Derecho (faculdade de Direito), com uma arquitetura maravilhosa;
  • Jardín Japonés: um local muito lindo para conhecer a cultura japonesa e tirar muitas fotos. Você paga R$15,00 (150 pesos) por pessoa e pode ficar quanto tempo quiser, comer por lá (tem lanchonetes e restaurantes) e passar uma manhã ou uma tarde super agradável. Quem tem filhos pode aproveitar pra ir até lá em algum dia em que eles oferecem shows infantis culturais.
  • Rosedal: simplesmente o jardim mais lindo que já vi em toda minha vida. É um parque gigante, onde eles cultivam flores de todos os tipos e cores que você pode imaginar; possui um zilhão de lugares lindos para fotografar; tem pedalinho, pista para correr e outras atrações fofas e românticas. Não paga para entrar.
  • Ecoparque (Jardín Zoológico): trata-se de um parque pequeno, como um mini zoológico, com bichinhos silvestres para visitar e fotografar. Uma parte do parque está em reforma, mas a parte liberada proporciona momentos agradáveis quando o tempo estiver bom. A entrada é free.
  • Galería Bond Street: válida a passada por lá pra conhecer lojinhas alternativas de punk-rock, fazer uma tattoo ou um piercing ou, simplesmente, fotografar looks style nas paredes grafitadas que têm por lá.
  • Puerto Madero: trata-se de um porto, como o próprio nome sugere, mas é um lindo lugar para assitir ao pôr-do-Sol, comer algo ou tomar algum drink em um dos muitos restaurantes ou bares que têm por lá.
  • Obelisco: monumento arquitetônico bastante famoso por lá também, localizado na 9 e Julho, uma das avenidas principais. Possui o “BA” podado à sua frente, o que torna o ponto um ótimo local para mais fotos legais, além do wifi grátis que o lugar oferece.
  • Feira de San Telmo: curte uma feirinha de artesanato? Esse lugar é pra você! São muitos metros de barraquinhas, próximas à Plaza de Mayo, todos os Domingos, oferecendo de tudo – tudo mesmo! Desde incensos e defumadores a roupas, acessórios e sapatos. Os preços são bons, vale a pena garimpar e pesquisar bastante antes de comprar, mas dá pra encontrar coisa super acessível.

viagem | buenos aires | dica de viagem | o que fazer em buenos aires | dica de viagem a buenos aires | viagem internacional | passeios em buenos aires | onde comer em buenos aires | transporte em buenos aires

  • Caminito: legal de visitar aos Domingos também (não sei dizer se nos outros dias da semana funciona), o Caminito é um bairro popular de casinhas coloridas, bares e lojinhas típicas para passear, conhecer e alimentar mais ainda sua bagagem cultural. Ao contrário do que muitas pessoas dizem – inclusive os locais -, não achei perigoso. Achei mega aconchegante e receptivo, não sofri tentativa de assalto e tô aqui, bela e fresca ;D rs.
  • El Ateneo Libreria: por Buenos Aires você encontra muitos sebos e livrarias dos mais variados tamanhos, mas, a Ateneo da rua Santa Fé é parada obrigatória para fãs de livros. O lugar é imenso, lindo, com um décor maravilhoso e ainda tem um lugarzinho pra tomar café enquanto você pega um exemplar e faz uma leiturinha.
  • Bairro de Palermo: tanto Alto Palermo quanto Palermo Soho são lugares bem legais de conhecer, porque possuem uma porção super variada de restaurantes, cafés e bares, durante o dia e à noite, principalmente [inclusive no feriado de 2a feira, que foi o que me salvou!].

viagem | buenos aires | dica de viagem | o que fazer em buenos aires | dica de viagem a buenos aires | viagem internacional | passeios em buenos aires | onde comer em buenos aires | transporte em buenos aires

viagem | buenos aires | dica de viagem | o que fazer em buenos aires | dica de viagem a buenos aires | viagem internacional | passeios em buenos aires | onde comer em buenos aires | transporte em buenos aires

 

ONDE COMER/BEBER?

Mais listinha! Claro, feita com base na minha experiência por lá – certamente há outros lugares legais para conhecer e se jogar. Mas estes, garanto, são boas pedidas!!

  • Parrilla Cero 5: esse foi o primeiro restaurante em que paramos pra comer, logo em que chegamos à cidade. Super aconchegante, localizado ao lado do hotel El Conquistador, no qual ficamos, oferece ambiente interno e externo – sendo que o externo conta com mesinhas com guarda-sol e caixa de som pra você conectar seu celular por bluetooth e ouvir a música que quiser. Precinho bom, sensacional!
  • Casa Cavia: pensa num restaurante com ambiente maravilhoso, comida e bebida deliciosas e um preço justo! Lá é o lugar. Encontramos a Casa Cavia por acaso, saindo da praça onde fica a Flor de Aço, e foi um achado. Você pode escolher entre 3 opções de menu, sendo uma delas o “Tres Pasos”, que inclui entrada + prato principal + sobremesa + bebida por 1000 pesos (R$ 100). 

viagem | buenos aires | dica de viagem | o que fazer em buenos aires | dica de viagem a buenos aires | viagem internacional | passeios em buenos aires | onde comer em buenos aires | transporte em buenos aires

  • Patio Japonés: localizado em Puerto Madero, foi outro restaurante encontrado por um feliz acaso! Como já diz no nome, trata-se de um restaurante japonês, que oferece pratos pequenos, como porções, ou combinados maiores em um ótimo serviço a la carte. A bebida é barata e deliciosa (se gostar de espumante, peça o Trapiche). 
  • Aldo’s: outro lugar com ambiente maravilhoso e romântico, localizado em Palermo Soho, é essa vinoteca-restaurante. O preço é um pouquinho mais alto, mas, sabendo o que pedir no cardápio vale super a pena. Quando estive lá, pedimos uma tábua de queijos de entrada (maravilhosa, por sinal), 2 espumantes e 1 prato de gnocci recheado (como os pratos lá são bem servidos, um casal que come pouco pode dividir tranquilamente). A conta deu algo em torno de 1800 pesos (o equivalente a R$180).
  • Freddo: sorveteria tradicional conhecida por lá, tem franquias em muitos bairros e, realmente, tem o melhor sorvete que já comi em toda minha vida (eu nem sou fã de sorvete assim).

viagem | buenos aires | dica de viagem | o que fazer em buenos aires | dica de viagem a buenos aires | viagem internacional | passeios em buenos aires | onde comer em buenos aires | transporte em buenos aires

VIDA NOTURNA

Como eu e o Lucas somos um casal fitness [kkkk], saímos bem pouco à noite por lá, porque preferimos aproveitar o dia desde cedo (até porque, a noite em Buenos Aires começa bem tarde – lá para 2h).

Nossa experiência com saída à noite foi ir até o Madero Tango, casa de show de tango que tem muito por Buenos Aires, voltado para turistas, e que, geralmente, paga-se um valor fixo pelo show + jantar completo com open bar.

viagem | buenos aires | dica de viagem | o que fazer em buenos aires | dica de viagem a buenos aires | viagem internacional | passeios em buenos aires | onde comer em buenos aires | transporte em buenos aires

Em minha modesta opinião: vale a visita quando se vai à cidade pela primeira vez, principalmente, porque o show é cheio de performance legal, danças incríveis e um ambiente mega descontraído. Mas o valor é alto para a qualidade do cardápio que oferecem, então, sugiro guardar esse dinheiro pra aproveitar uma gastronomia mais diferente e melhor em outro lugar.

DOMINGOS E FERIADOS

Essa é uma dica preciosa, da qual gostaria de ter sido informada antes: domingos e feriados, especialmente se o feriado cair em uma seguda-feira, a cidade de Buenos Aires pára. Lojas de rua não abrem, nem pontos turísticos (ex. parques), nem feirinhas. Shopping abre em horário normal e só. Apesar de ser uma capital, isso acontece.

Portanto, se você vai pegar algum feriado por lá (como eu peguei o Carnaval), programe-se para, em dias de feriado, acordar mais tarde e fazer passeios mais leves que não dependem de locais abertos – ex. piquenique no parque, caminhada, almoço em algum restaurante que queira conhecer.

viagem | buenos aires | dica de viagem | o que fazer em buenos aires | dica de viagem a buenos aires | viagem internacional | passeios em buenos aires | onde comer em buenos aires | transporte em buenos aires

 

MAIS: Bate e volta até Recife – PE

E é isso, querides! Esse foi meu resumo-nada-resumido da minha ida a Buenos Aires. Espero ter ajudado com dicas úteis e que vocês se sintam motivados a conhecer esse lugar super legal e em conta, pra enriquecer o currículo viajante de vocês.

Caso role alguma dúvida ou queiram trocar experiências, fiquem à vontade nos comentários.

Beijos e até a próxima, que seja em breve! 😀

Marcéli

Christian Figueiredo fala sobre o filme Eu Fico Loko e sua carreira explosiva de Youtuber humorístico

Entrevista exclusiva com o Youtuber Christian Figueiredo, na pré-estréia de seu filme “Eu Fico Loko”, no Brisamar Shopping.

Harry Potter e a Criança Amaldiçoada: resenha do oitavo livro

Um resumo do meu parecer sobre o oitavo livro da saga de Harry Potter.

Vídeo: dicas para quem curte ler

Livros recentes que adquiri e uma prévia sobre cada um deles, em vídeo!

Dicas de moda: meu quadro novo no Programa Pedro Alcântara

A partir de agora, vocês também conferem minhas dicas na telinha!

5 aplicativos bacanas e grátis para baixar

Uma lista com 5 app’s grátis e ótimos para você baixar agora mesmo!

Voltar ao topo