COMPORTAMENTO

Relacionamento: sobre confiar em quem não é confiável

relacionamento | comportamento | confiar | pessoas não confiáveis | lições de vida | sobre confiança | confiança | pessoas | ser humano

Vamos ao primeiro textão do ano aqui no blog? Vamos!!!

Já faz um tempo, tenho me tornado bastante adepta da teoria “fazer o bem sem olhar a quem”. Acredito, sim, que não devemos nos corromper em razão da maldade alheia, afinal, cada um dá o que tem. Dito isto, é claro que, na maioria das vezes, me coloco à disposição para ajudar, para ser uma boa ouvinte, para dar conselhos e até para dar aquela animada quando uma pessoa se encontra totalmente na merda. Todos temos os nossos dias, né?!

Eis que experiências recentes me fizeram aprender mais uma lição nessa marota vida: dentre todos os bens que podemos fazer a alguém, pra tornar o viver desta pessoa melhor, confiança NÃO é um deles. Aquilo que por humanidade damos “de graça”, a meu ver, é respeito, gentileza, carinho… Mas confiança não. Ela precisa ser conquistada. A seguir, vocês vão entender como descobri isso.

Em matéria de relacionamentos, a Marcéli é uma pessoa que não pode ver alguém “torto” que já se prontifica a tentar “endireitá-lo”. Por isso, ela, vulgo eu, sempre tive o costume de depositar total confiança nos outros logo de cara. Colocando em metáforas: eu acreditava que “dando o ouro gratuitamente na mão da pessoa” estava ensinando-a a valorizá-lo. Só que não é bem assim que funciona. Já logo deixo claro aqui que, neste contexto, estou abrangendo tanto relacionamento AMOROSO, quanto AMIGÁVEL.

Quando um não quer, dois não fazem. E isso acontece tanto para coisas ruins, quanto para as boas. Ou seja: o “lado de lá” (vamos chamar assim as pessoas a quem me refiro) não estava afim de certas coisas, como ser companheiro(a), fiel/honesto(a), dedicado(a), tampouco generoso(a). Porque é fácil procurar alguém quando se precisa desta pessoa. Raro mesmo é querer estar ao lado dela simplesmente pelo querer, pelo gostar de graça, pela vontade de tê-la na sua vida e de fazer o bem a ela. 

relacionamento | comportamento | confiar | pessoas não confiáveis | lições de vida | sobre confiança | confiança | pessoas | ser humano

E nesse vai da valsa eu passei, aos poucos, a perceber que minha presença só era requisitada quando eu tinha alguma utilidade. É triste, sim, mas acredite: acontece. Sendo mais explícita: quando eu podia dar uma carona, emprestar uma grana ou rachar a conta, emprestar alguma coisa ou até elaborar um texto ou um currículo.

Descobri, também, outras formas de interesse que vão além, que é a bengala emocional. Explico: se sua imagem, por algum motivo, representa algo ‘inatingível’ pra alguém, essa pessoa vai querer saber a fundo sobre você e sobre sua vida, vai querer conviver com você pra descobrir sobre suas fraquezas e seus problemas; e isso faz com que ela “se apóie” nesse seu lado ruim pra se sentir um pouco melhor e aceitar o que ela própria julga que é. [Adendo alerta: atente para aqueles que só te procuram quando percebem que alguma desgraça lhe aconteceu. Se esta pessoa nunca está presente pra comemorar suas vitórias – vitórias estas das quais ela não pode se beneficiar – e só aparece pra saber dos seus problemas, ela pode estar te usando como bengala emocional]. Foi assim comigo – até eu me dar conta.

Calma, que tem mais: esses mesmos que me procuravam quando eu tinha algo a oferecer foram os primeiros a virarem as costas quando eu não pude oferecer nada (entenda “virar as costas” como ‘mudar o jeito’, ‘virar outra pessoa’, ‘sacanear e falar mal pelas costas’, entre outros). Quando fiquei dura, endividada, mal podia ter um lazer, tive que ouvir coisas do tipo: “olha, vou com fulano(a) em tal lugar, você não vai poder, né? Tá sem dinheiro“. Teve até um momento de lapso de generosidade, sim, onde rolou um empréstimo de dinheiro: pra que eu pudesse ir aonde o indivíduo queria ir, lugar este que estava beeeeem longe do meu conceito de diversão. Só rindo!

Já para quem curtia me usar de bengala emocional, o momento em que se afastou foi o momento em que eu passei a ficar bem, feliz (felicidade causada por coisas que, obviamente, nada o/a beneficiariam). Pra essa pessoa, não era interessante compartilhar deste meu bem-estar. O legal era saborear minha amargura. Entre, por exemplo, abordar o assunto “nossa, você vai fazer uma viagem, que legal” e “ai, você perdeu tal trabalho, né, que chato. Tá muito mal?” adivinha qual dos dois a pessoa ia escolher? Pois é.

Mas eu sou persistente e tenho fé nas pessoas, por isso, passei um tempinho no torpor até acordar e entender, finalmente, que estava depositando confiança em pessoas que não mereciam. E como a gente acorda? Juntando um caquinho aqui, outro ali, sentindo um fedorzinho acolá e montando a horrível imagem do quebra-cabeças. Porque, por mais que anos se passem e a pessoa disfarce EXTREMAMENTE BEM o que ela é, com um pouco de esforço e de coragem (para encarar a realidade), você consegue enxegar, mesmo que demore.

relacionamento | comportamento | confiar | pessoas não confiáveis | lições de vida | sobre confiança | confiança | pessoas | ser humano

E qual a moral da história? Bom, antes de mais nada, não seja um/uma covarde com seus problemas. Encare-os de frente, doa o que doer – afinal, por mais que você passe pela dor insuportável da decepção, o alívio que se sente logo em seguida é recompensador demais. Em segundo lugar: não cultive raiva ou ódio por estas pessoas. É claro que é difícil e você vai dar uma pequena cultivada nos primeiros 5 minutos, mas, passando o impulso dessas emoções, respire fundo e abstraia. No fundo, é bem aquele clichê que falei lá no começo: cada um dá o que tem. Não exija de uma pessoa atitudes/sentimentos que ela nem mesmo conhece – ainda que você tenha tentado apresentar a ela.

E, em terceiro lugar, o óbvio: tenha cuidado com os laços que você estreita, porque, simplesmente, algumas pessoas não os merecem e nem saberão lidar com eles. Finalmente eu concluí que, assim como eu sou uma pessoa disposta a ajudar sempre que posso, acredito que eu mereça o mesmo em retorno – só que este retorno leva tempo e a confiança se constrói ao longo dele, aos pouquinhos. Confiar cegamente nos primeiros 5 minutos de cara fofinha ou de atitudes fakes bonitinhas é o caminho mais rápido para a frustração. Quem tem bom coração REAL não tem atitudes “fofas” só durante os primeiros 5 minutos, ou em algumas circunstâncias. Tem a vida toda, a todo momento.

MAIS: Meu primeiro fio de cabelo branco

Beijão, vida! Aprendendo de montão com você, hoje e sempre.

Até a próxima,

Marcéli

Como disfarçar uma noite mal dormida

olheiras | beleza | dicas de beleza | tirar olheiras | dicas para amenizar olheiras | como tirar olheiras | maquiagem

Com uma rotina atribulada, seja pelo excesso de trabalho, seja estudo, cuidados com a casa ou compromissos em geral, muitas vezes acabamos não tendo tempo de dormir o suficiente, ou, até mesmo, desenvolvendo insônia devido a tantas preocupações. Acabamos ficando esgotadas antes mesmo do fim de semana, com aquela cara de cansada, bolsas embaixo dos olhos, pele sem viço… 

Para amenizar estes traços deixados pelo cansaço ou insônia, trago alguns segredinhos! Claro que, se isto for algo recorrente, é necessário procurar um médico. Mas, as dicas são válidas para melhorar a aparência do seu rosto a título de emergência. 

olheiras | beleza | dicas de beleza | tirar olheiras | dicas para amenizar olheiras | como tirar olheiras | maquiagem

 

Antes de deitar, é importante adotar uma rotina diária de cuidados faciais para preservar sempre uma pele macia, jovem, sem acne e amenizar os efeitos danosos de eventuais noites mal dormidas. O que sempre deve ser feito, nesta ordem, é:

  1. Limpar
  2. Tonificar
  3. Hidratar

Após um dia fora de casa e sob o efeito do Sol e de agentes externos, é preciso limpar e purificar a pele do rosto, removendo as impurezas e sujeira e, depois, hidratá-la. Isso deixará sua pele macia, nutrida e protegida.

É essencial também remover toda a maquiagem antes de dormir, então, se estiver com uma make muito pesada, além da lavagem com sabonete próprio, utilize um demaquilante antes. Dormir com maquiagem prejudica a pele, impedindo que ela respire, deixando-a com aspecto feio, além de causar ume envelhecimento precoce; também causa acne e pode contribuir para o desenvolvimento de alergias e até inflamações.

olheiras | beleza | dicas de beleza | tirar olheiras | dicas para amenizar olheiras | como tirar olheiras | maquiagem

Mesmo com todas essas precauções, às vezes, ainda acordamos com aquela cara de acabada, então, é preciso tomar algumas medidas de urgência para deixar o semblante decente antes à luz do dia:

  • Imediatamente lave o rosto com água fria, para dar aquela acordada. Uma opção mais extrema seria mergulhar a face em um balde com gelo, que reduz rapidamente o inchaço;
  • Passe um hidratante massageando o rosto, sempre de dentro para fora e de baixo para cima, no sentido contrário ao das rugas. Esse lifting express relaxa as tensões e dá mais flexibilidade à pele – e ainda ajuda a absorver melhor o creme;
  • Faça caretas! Sim, mexer exageradamente os músculos do rosto fazendo uma “ginástica facial” ativa a circulação sanguínea e alivia aquela feição enrijecida, típica de um dia tenso e de falta de sono;
  • Não carregue na make, apenas prepare bem a pele com corretivo, base e iluminador em pontos estratégicos, como: canto interno dos olhos, abaixo do arco das sobrancelhas, têmporas, e base do nariz. Para finalizar, um blush pêssego ou rosado, máscara de cílios e gloss são suficientes.

 

olheiras | beleza | dicas de beleza | tirar olheiras | dicas para amenizar olheiras | como tirar olheiras | maquiagem

Um dos sinais mais evidentes de uma noite mal dormida são aquelas famigeradas bolsas escuras abaixo dos olhos. Felizmente as olheiras podem ser escondidas com maquiagem, principalmente fazendo o uso de corretivos, cujo tom escolhido deve variar de acordo com a tonalidade das manchas:

  • Para olheiras azuladas – utilize um corretivo alaranjado;
  • Para olheiras roxas – utilize um corretivo verde;
  • Para olheiras marrons – utilize um corretivo mais rosado ou roxo;
  • Para olheiras esverdeadas/acinzentadas –  utilize um corretivo amarelo.

Com a tonalidade correta em mãos para anular a cor presente na olheira, aplique o produto com leves batidinhas das pontas dos dedos, formando um triângulo invertido abaixo da região dos olhos, ao invés do costumeiro formato arredondado e restrito à região das olheiras. Isso fará com que as bolsas fiquem menos aparentes e dará uma impressão maior de uniformidade.

Atente para a aplicação de camadas finas, pois o excesso pode causar o efeito contrário. Comece aplicando nas partes mais escuras e depois nas áreas que não necessitam muito de correção (como nas pálpebras) e espalhe bem o produto. É interessante usar um corretivo líquido, pois ele ainda hidrata o local, no entanto, se quiser dar preferência para a cobertura e duração, escolha um cremoso em bastão. Outra dica é utilizar um lápis claro na linha d’água para abrir mais os olhos e iluminá-los, tirando o foco da região abaixo.

olheiras | beleza | dicas de beleza | tirar olheiras | dicas para amenizar olheiras | como tirar olheiras | maquiagem

Há ainda outras formas de amenizar esse problema além da maquiagem!  Algumas delas: 

  • Passe um creme com fórmula energizante, como os com vitamina C e cafeína, ingredientes que melhoram a circulação do local e deixam a pele macia. Aplique em movimentos circulares com a ponta dos dedos ou utilizando uma colher, para estimular ainda mais a circulação sanguínea;
  • Utilize um sachê de chá de camomila (ou uma compressa de algodão embebido nele), que colabora para acalmar e suavizar o aspecto inchado, já que a camomila é anti-inflamatória e antioxidante; isso ajuda a contrair e normalizar o tamanho dos vasos sanguíneos. Para isso, prepare uma infusão gelada e aplique na região dos olhos deixando agir por 15 minutos e, depois, vá lavando com água fria.
Imagens: Amanda Dalbjorn, Brooke Cagle, Kim Carpenter, Freestocks, Vladislav Muslakov e Zulmaury Saavedra, (reprodução).

MAIS: 7 dicas para uso diário do corretivo

Pronto, isso é o suficiente para te deixar pronta para mais um dia sem aparentar aquela feição de cansada. Bora testar?

Beijos e até a próxima!

Carolina Marialva

[Colaboração].

 

Rotina de beleza: um guia prático

guia de beleza | dicas de beleza | beleza | maquiagem | make up | cuidados com a pele

Créditos: foto por Gustavo Spindula no Unsplash

Estabelecer uma rotina de beleza vai garantir que você trate tudo o que precisa – pele, cabelos, unhas – sem se esquecer de nada e de forma bem organizada. Afinal, ninguém quer chegar na hora daquela festa e estar com a pele toda ressecada ou o cabelo opaco e sem brilho, ou, ainda, precisar passar horas no banheiro procurando por um produto que está perdido no armário!

É importante adotar o hábito de realizar tratamentos, como esfoliar a pele, fazer uma hidratação capilar ou aplicar uma máscara reparadora com certa frequência, em dias certos e definidos. Em meio a uma rotina atribulada, este hábito se consolidará aos poucos, com um pouquinho de esforço. Algumas práticas podem ser semanais, mas, outras devem ser feitas todos os dias, então, aqui vão dicas preciosas em formato de guia de rotina de beleza, com uma rotina ideal diária e, depois, uma rotina de final de semana, para facilitar.

Colocando ordem na bagunça!

O primeiro passo para alcançar uma rotina de beleza diária é organizar todos os seus produtos, de preferência, em um só lugar. Facilite a vida colocando-os todos sobre uma superfície e verifique o que está dentro do prazo de validade e/ou o que ainda é útil para você; o que não for, livre-se ou doe! Depois de ter certeza que está mantendo apenas o necessário, o próximo passo é organizá-los em alguma caixa ou nécessaire, de maneira que consiga encontrar tudo rapidamente – preze pela praticidade!

guia de beleza | dicas de beleza | beleza | maquiagem | make up | cuidados com a pele

Foto por Jamie Street no Unsplash.

Alguns procedimentos de beleza como esfoliar a pele ou fazer uma hidratação profunda nos cabelos não são necessários fazer diariamente, portanto, esses produtos podem ficar guardados em um lugar separado para não ocupar tanto espaço.

As maquiagens podem ser divididas por estilo, por exemplo:

  • as leves, que você utiliza no dia-dia, podem ficar em uma bolsinha separada das maquiagens mais pesadas, utilizadas apenas em festas ou na balada;
  • os pincéis podem ser colocados juntos em um pote. Essas pequenas seleções, além de manter tudo muito bem organizado, também evita que você perca tempo procurando pelo produto ideal para cada ocasião.

Rotina de beleza diária: cuidados indispensáveis

Dentre os procedimentos e ações que devem ser feitos todos os dias, a rotina de cuidados com a pele é uma das quais você deve dar mais importância e dedicar mais tempo, por isso, vamos dividir as ‘tarefas’ por períodos do dia:

guia de beleza | dicas de beleza | beleza | maquiagem | make up | cuidados com a pele
Foto por Karla Alexander no Unsplash

Ao acordar

  • Algumas pessoas preferem tomar banho logo cedo, se você é uma delas, evite os muito quentes: no máximo deixe a água morna. O ideal mesmo seria utilizar água fria – aproveite o calor e abuse dela! Seu cabelo e pele agradecem, uma vez que a água quente resseca muito e deixa os fios mais oleosos na raiz;
  • Lave o corpo com um sabonete ideal para o seu tipo de pele (se caso houver dúvidas, consulte um dermatologista) e limpe seu rosto com um sabonete específico para essa finalidade, de preferência, neutro. Depois do banho, passe o hidratante normalmente, com o corpo ainda úmido, para a pele absorvê-lo melhor;
  • Para quem só dá aquela passadinha rápida no banheiro para escovar os dentes e lavar o rosto, não se esqueça da água fria – nesse caso é até bom para dar uma acordada. Depois de limpar, utilize um tônico ou um soro fisiológico para equilibrar o pH e devolver os sais minerais à sua pele. Após, aplique um creme facial leve para hidratar;
  • Em ambas as situações, logo após o hidratante você não pode esquecer do protetor solar. Além de prevenir contra melanomas, evita o fotoenvelhecimento, isto é, o aparecimento das famigeradas rugas e marcas de expressão causadas pelo Sol.

Durante o dia

  • Ao longo do dia nossa pele costuma acumular muita sujeira, então, quando for ao banheiro dar aquela retocada na maquiagem, aproveite e use um lencinho umedecido para dar uma limpadinha no seu rosto – você se surpreenderá com a quantidade de sujeira que vai sair!
  • Aplique novamente o protetor solar e pronto, sua pele já estará pronta para ser maquiada novamente e você estará mais do que preparada para a segunda parte do seu dia. Alternativamente, você pode usar um BB Cream, que hidrata e ainda dá aquela corzinha, ou, então, um pó com fator de proteção 15;
  • Ao longo do dia, utilize um hidratante para as mãos e aproveite para passar também nos cotovelos, que ficam bastante ressecados;
  • Não se esqueça dos lábios, mantenha-os sempre hidratados, especialmente no inverno, seja com batom, protetor labial ou manteiga de cacau.
  • Não se esqueça que beber muita água também! Consumir aproximadamente dois litros por dia, além de fazer bem para a sua saúde, evitará que sua pele fique com uma aparência ressecada. Também foque em uma alimentação saudável e rica em ingredientes antioxidantes, como salmão, açafrão, azeite, frutas cítricas e vermelhas, cenoura, couve etc.;
  • Se achar que não está ingerindo vitaminas o suficiente, inclua um complemento diário. Procure um complexo com vitaminas A, C e E, muito importantes na manutenção da uma pele jovem e bonita, pois combatem os radicais livres e favorecem a produção de colágeno, responsável pela sua firmeza. Elas também ajudam no combate à acne e deixam os cabelos e unhas fortes e bonitos.

Antes de dormir

Cuidar da sua pele antes de dormir faz uma grande diferença na qualidade do seu sono: você se sentirá muito mais leve e relaxada. Os passos para o rosto são parecidos com os feitos pela manhã:

  • Remova totalmente a maquiagem;
  • Limpe e tonifique sua pele – uma boa opção é usar a água micelar, pois ela limpa profundamente os poros, que acumulam muita poluição e sujeira durante o dia, além de matificar e acalmar a pele.
  • Aplique um sérum antiidade – escolha um com retinol, que favorece a renovação celular;
  • Por fim, aplique o hidratante noturno. Reserve alguns minutinhos para massagear sua face durante a aplicação do creme, o que ajudará a relaxar os músculos e evitar as rugas;
  • Outro procedimento essencial, mas, que não deve ser feito todos os dias, e sim 3 vezes por semana, é a esfoliação. Como esfoliar a pele ajuda a remover células mortas e a desentupir os poros, é ideal aproveitar o banho e fazer uma esfoliação completa tanto no corpo como no rosto, para deixar a pele macia e brilhante novamente.

guia de beleza | dicas de beleza | beleza | maquiagem | make up | cuidados com a pele

Como cuidar dos cabelos

Assim como a pele, os cabelos variam de uma mulher pra outra e produtos específicos devem ser priorizados, dependendo de seu tipo: seco, oleoso, liso, crespo, com química… Da mesma forma, a frequência com que devem ser lavados muda de acordo seu tipo, com o clima da região onde você mora ou com as atividades praticadas (academia por exemplo). Porém, alguns cuidados são gerais:

  • Evite dormir com o cabelo molhado;
  • Aplique um protetor térmico sempre antes de usar chapinha ou secador;
  • Utilize óleos vegetais no comprimento e/ou nas pontas após lavar (rosa mosqueta ou semente de uva são ótimas opções);
  • Penteie com carinho para não quebrar os fios e desembarace aos poucos.

Rotina de beleza para os finais de semana

Geralmente é ao finais de semana o momento em que temos mais tempo livre e podemos executar tratamentos mais demorados – e que demandam maior trabalho. Além disso, como são coisas que não precisam ser feitas diariamente, dá para reservar um espaço na agenda de sábado ou domingo para se dedicar a essa rotina de beleza especial de final de semana.

Afinal, não é porque algum procedimento específico não faz parte dos seus cuidados diários que ele deixa de ser um procedimento de rotina. Alguns tratamentos são recomendados pelo menos uma vez a cada quinze dias, como:

  • Fazer uma limpeza de pele profunda em uma esteticista, tirar as sobrancelhas e faça depilação (com cera pode durar até 25 dias; se você raspa, vai ter que fazer isso com maior frequência);
  • Para outros detalhes, como fazer as unhas, hidratação nos cabelos e aplicar uma máscara facial, uma vez por semana é a periodicidade ideal.

guia de beleza | dicas de beleza | beleza | maquiagem | make up | cuidados com a pele

Créditos: Foto por Jamie Street no Unsplash.

Alguns desses tratamentos não demandam visitas a lugares especializados, nem muitos gastos em produtos caros, podendo ser feitos com ingredientes simples encontrados em casa. Aqui vai uma ótima receita de máscara que deixa a pele macia, controla a oleosidade e ainda ajuda a segurar a make por mais tempo:

  • Bata uma clara de ovo em neve;
  • Adicione 2 colheres de sopa de amido de milho;
  • Misture bem;
  • Aplique no rosto com um pincel ou com os dedos mesmo;
  • Aguarde 10 minutos e retire com água fria para fechar os poros.

MAIS: 4 dicas de maquiagem para uma beleza natural

Cuidar da sua beleza vai além da estética, fará com que você se sinta confiante e muito mais disposta. Estar bem consigo mesma é o passo mais importante para ficar bem com o mundo. E criar uma rotina de beleza fará muito bem para a sua auto-estima, além de te deixar sempre linda e pronta para arrasar!

Beijos e até a próxima!!

Daniela Gouveia 

[colaboradora].

 

5 dicas do que evitar na hora de se vestir

moda | dicas de moda | moda feminina | roupas | guarda-roupa | consultoria de moda | 5 coisas para evitar ao montar um look | moda 2017 | moda 2018

Uma das mais recorrentes dúvidas de moda que recebo por e-mail e com as quais trabalho em consultoria é “como me vestir adequadamente para a ocasião X“. Amigas e colegas já brincaram comigo, dizendo que “vou estilosa até mesmo à padaria” – mas, é claro que não é bem assim. Quem nunca teve seus dias desleixados? Afinal, ninguém é obrigada a estar 100% do tempo impecável.

Há, no entanto, maneiras de “se mostrar ao mundo” de forma conivente com sua personalidade, evitando, assim, estar inadequadamente vestida – e, para isso, sugiro dar uma espiadinha na lista abaixo, nos 5 ítens que sugiro a você evitar na hora de escolher um look. Desta forma, fica mais fácil alcançar o ‘bem-vestir’ de maneira mais natural e empoderada. 

moda | dicas de moda | moda feminina | roupas | guarda-roupa | consultoria de moda | 5 coisas para evitar ao montar um look | moda 2017 | moda 2018

Imagem: Pinterest – reprodução.

 

#1 NÃO SE PREOCUPAR COM O TEOR DA OCASIÃO

Este é um dos principais pontos para evitar. Se você tem uma festa para ir, é importante se informar a respeito de seu teor, ou seja: se é sport fino, black tie, casual chic, social, à fantasia, etc. Pergunte ao anfitrião – ou tente se informar com outros convidados, caso a informação não conste no convite. Sabendo qual é o dress code, você conseguirá se vestir de acordo. É claro que, para algumas ocasiões, existe o dress code chamado ‘padrão’, que todos já conhecem mais ou menos a maneira com a qual deve se vestir. São algumas delas: casamentos; missas (ou qualquer cerimônia de teor religioso); formaturas; ocasiões de ordem jurídica.                                                                                                     

#2 NÃO EXPERIMENTAR O LOOK ANTES DA “HORA H”

Outra coisa para não fazer. Provar o look antes do evento pode evitar muitos desastres, por motivos de: A) a peça de roupa que você tem em mente pode estar suja, amassada, rasgada ou não lhe servir mais (e aí você tem tempo de providenciar os reparos ou de pensar num novo look); B) também pode acontecer de você não gostar da combinação no corpo, de não ficar da forma como você imaginou (o famoso caso do EXPECTATIVA versus REALIDADE) ou C) com antecedência, você consegue mais tempo para se organizar para comprar algo, caso precise, ou até mesmo pedir emprestado.

#3 COPIAR O LOOK DE ALGUÉM

Este tópico poderia ser justificado por inúmeras razões, mas, para começar, temos duas já bem fortes: A) copiar o look de alguém (uma amiga, por exemplo) pode passar uma imagem errada da sua personalidade, já que raramente duas pessoas pensam exatamente igual e têm exatamente os mesmos gostos; B) comprar o look exatamente da forma que viu na vitrine pode te fazer chegar em casa e não gostar do que comprou – pelo mesmo motivo do ítem A. Se copiar a amiga já é arriscado, imagine copiar a produção de uma pessoa que fez montagem para uma vitrine e que nem sequer imagina seus gostos. Copiar nunca é a solução. No fim das contas, você não se sentirá devidamente representada pelo que veste e isto causa baixa-estima. 

#4 NÃO CONHECER SEU ESTILO PRÓPRIO

Esta é uma das razões pelas quais as pessoas acabam caindo na “pegadinha” do tópico 3. Quando você não se conhece e não identifica seu próprio estilo, você se sente perdido(a) ao se vestir, para qualquer ocasião que seja – até mesmo, para ir à padaria. Conhecer a si mesmo(a) e formar um estilo próprio é fundamental para se sentir segura e feliz ao montar qualquer look. Desta forma, você vai passar a representar sua personalidade através da vestimenta, com dignidade. Aqui nesse post eu falo mais sobre como construir seu próprio estilo, em 6 passos.

#5  NÃO PENSAR NA MENSAGEM QUE VOCÊ QUER PASSAR

Esta é uma tecla na qual bato toda vez que o assunto é se vestir. Ao montar um look, devemos sempre nos perguntar “que mensagem quero passar?”. Se você vai a uma reunião de trabalho, por exemplo, o que você gostaria de transmitir às pessoas presentes: que é uma pessoa responsável? Séria? Em se tratando de um primeiro encontro, o que você quer passar para a outra pessoa? Que é alguém divertido, simpático? Se, em um terceiro exemplo, você for madrinha de um casamento, qual mensagem quer passar através do seu look? Que é alguém importante? Quer transmitir elegância? Tudo isso você deve se perguntar na hora em que estiver pensando no que vestir. Não se trata de alimentar estereótipos, mas, de simplesmente explicar quem você é e o que pensa através da vestimenta, sem a necessidade de utilizar palavras – ao menos, em um primeiro momento. Tem coisa melhor?

MAIS: 10 dicas para disfarçar gordurinhas no look

Gostaram das dicas? Espero que aproveitem bastante! Depois vem me contar aqui nos comentários, se evitar estes 5 pontos funcionou pra você. E, claro, não deixe de sugerir outros temas para posts! Nos vemos na próxima 😉

Beijos!

Marcéli

 

4 dicas de maquiagem para uma beleza natural

Dicas básicas de make, para aplicar no dia a dia, para um aspecto de beleza natural.

Voltar ao topo